Passo 3 – Investir em empresas em Crescimento

Escolher Ações RentáveisPara Ganhar Dinheiro na Bolsa de Vaores, tens que investir em empresas em crescimento. Começa agora a escolher as tuas empresas favoritas!

Investir na Bolsa de Valores deve ser como comprar roupa e outros produtos que vão ser a tendência para os próximos meses (ou anos). Quando compras roupa, um automóvel, um telemóvel, um tablet, entre outros produtos, compras com base nas tuas necessidades e gosto, mas também porque acreditas que é uma boa escolha a longo prazo.

Escolher ações para comprar também deve ser igual. Você deve escolher uma ou mais empresas, com bons produtos e que tenha um potencial de crescimento elevado a longo prazo, de forma a conseguir um retorno de 40% ou mais.

Como escolher ações rentáveis?

Felizmente, todos os dias existem oportunidades de investimento nos vários índices acionistas em todo o mundo, por isso é preciso estar sempre atento às oportunidades que o mercado apresenta. As fortes quedas ou correções na cotação das ações, é sempre a altura perfeita para entrar!

Para os leitores interessados em começar a investir na Bolsa de Valores ou a criar uma Carteira de Ações de longo prazo, ou seja, comprar ações para vender daqui a 2 ou 5 anos e obter uma boa rentabilidade, normalmente superior a 40%, aconselho sempre a investir em empresas com bastante potencial de crescimento. A estas ações dou o nome de ações da moda, porque vão ser a tendência da Bolsa para os próximos meses ou anos. Mais abaixo apresento vários exemplos de ações da moda, onde pode verificar como em todos os casos o retorno foi muito superior aos 40%.

Para mim, existem três tipos de ações:

  1. Ações Baratas – Normalmente são ações de empresas que passaram por problemas, mas estão a recuperar. O seu preço está bastante descontado. Nesta lista ações entram as ações dos bancos durante o momento mais grave da crise, empresas que perderam contratos importantes, empresas que apresentaram resultados muito abaixo do esperado, entre outras empresas.
  2. Ações Caras – Nesta categoria, encontram-se as ações de empresas que valorizaram bastante nos últimos meses, mas já não estão mais a conseguir gerar um retorno acima do esperado. Isso pode ser por várias razões: o nicho de mercado já não é rentável, existem novas tecnologias, a concorrência está mais forte, entre outras razões:
  3. Ações da Moda – A esta categoria pertencem as ações de empresas em nichos de mercado em forte crescimento ou empresas que estão a apresentar produtos inovadores e são a tendência. São várias as grandes empresas que fazem parte desta lista: a Apple, a Google, a Tesla, o Facebook, entre outras empresas conhecidas pelo seu factor inovação e pelos seus produtos.

As ações baratas e as ações da moda apresentam várias oportunidades de investimento, no entanto neste artigo só vou falar sobre as ações da moda, porque representam um bom investimento para ter em carteira durante bastante tempo, são ideais para todos os tipos de investidores e, se pagarem dividendos, ainda melhor!

Também é possível ganhar dinheiro com as ações caras, mas neste caso através de short selling, ou seja, vender as ações sem tê-las em carteira. É um investimento mais arriscado, mas de curto prazo.

Exemplos de Ações da Moda

São vários os exemplos de ações da moda que existem por aí, basta analisar bem e pensar nos produtos que hoje em dia são novidade, mas no futuro serão produtos ou serviços normais.

Os automóveis elétricos, as redes sociais, impressoras 3D, pesquisa e publicidade online, os smartphones e tablets, são várias as empresas e as indústrias que apresentam oportunidades de investimento. Abaixo apresento vários exemplos de ações da moda, assim como o gráfico da bolsa para cada uma das empresas.

Ações da Tesla - fabricante de Automóveis Elétricos

Gráfico das Ações Tesla – fabricante de Automóveis Elétricos

A Tesla (NASDAQ:TSLA) é sem dúvidas uma daquelas empresas que apesar das suas ações em 2012 terem tido um ano calmo, era o momento ideal para investir. Em janeiro de 2012, cada ação valia apenas 22,53 dólares. Mais de 1 ano depois, alcançou os 265 dólares. Ou seja, as ações tiveram um retorno de 1176,2% em apenas 1 ano e 2 meses. Se tivesse investido 2253 dólares, ficaria com 26500 dólares.

Gráfico Apple - empresa de Tecnologia

Gráfico das Ações Apple – empresa de Tecnologia

A Apple (NASDAQ:AAPL) é outra das empresas que vale a pena investir dinheiro. Reconhecida pelos seus produtos de elevada qualidade e inovadores, como o iPhone e o iPad, tem a vantagem de ter uma grande comunidade de utilizadores que não se importam de pagar o preço premium pelos seus produtos únicos, onde a Apple possui uma grande margem de lucros. No início de 2009 cada ação valia 79 dólares. Mais de 2 anos e 9 meses depois, as ações da Apple alcançaram os 700 dólares, em setembro de 2012. Ou seja, se tivesse investido 790 dólares a comprar ações da Apple e tivesse vendido em setembro de 2012, tinha ficado com 7000 dólares – um retorno de 886%. Depois de uma grande subida, em 2013 as ações corrigiram e chegaram aos 386 dólares, onde apareceram várias oportunidades de compra que os investidores aproveitaram.

Além da Apple e da Tesla, existem muitos outros exemplos de ações de empresas com potencial de crescimento. O Google, o Facebook, a Microsoft, a Amazon e muitas outras empresas que estão a passar pelo momentum perfeito.

Bons investimentos!

Não sabes como investir?

Começa a Copiar Investidores na Etoro. Eles ganham, tu ganhas.

Performance passada não é garantia de resultados futuros. Capital em risco.