Tipos de Ações e suas Caraterísticas

Tipos de Ações para InvestirConheça todos os tipos de ações que existem na bolsa de valores e saiba onde investir o seu dinheiro. Não invista sem antes ler isto! Guia completo com as caraterísticas.

Para investir na bolsa de valores o investidor tem que realizar a compra de ações de empresas cotadas em Bolsa, com a finalidade de vender passado algum tempo e conseguir realizar mais-valias com o seu investimento. Em troca, terá que assumir um risco apropriado e adequado às suas caraterísticas particulares, como podem ser o seu perfil de investidor. Ao longo das sessões, pequenos e grandes investidores compram e vendem milhões de ações de várias empresas e de diferentes setores financeiros e industriais, sendo que a maior parte dessas ações correspondem às denominadas ações ordinárias, no entanto existem outros tipos, como as ações preferenciais. Neste artigo vamos ver o que significam cada uma delas e quais são as suas caraterísticas principais.

O que são as ações?

Na linguagem financeira, uma ação é uma parte representativa do capital de uma empresa. Por essa razão, se você tem ações de uma empresa, você detém uma participação no Capital Social de uma empresa. Regra geral, as ações disponíveis para investir no índice PSI20 e em outros índices bolsistas, confere ao investidor o direito a um dividendo correspondente à sua participação nos lucros da empresa em que é acionista. Os lucros podem ser distribuídos pelos acionistas ou não, ficando neste último caso disponíveis para a empresa sob a forma de Capitais Próprios. Esta decisão é tomada em Assembleia-Geral, que geralmente reserva parte dos lucros para reinvestir na atividade da empresa, libertando o resto para atribuir dividendos aos acionistas.


Abre conta Demo na XTB Portugal e experimenta investir.

Tipos de Ações

  • Ações ordinárias – Este tipo de ações dá essencialmente direito ao titular a receber parte dos lucros em forma de dividendos, receber a parte proporcional que corresponde no caso da liquidação da empresa, a subscrição preferencial de novas ações e até obrigações convertíveis em ações, estar presente na Assembleia Geral de Acionistas e proceder ao voto sobre diferentes aspetos que afetem os acordos sociais da mesma.
  • Ações preferenciais – Ação com prioridade sobre as ações ordinárias na distribuição de dividendos. Os proprietários deste tipo de ação são os primeiros a receber os dividendos.
  • Ações com e sem direito de voto – Permitem ou não o direito ao seu acionista de se fazer representar na Assembleia-Geral.
  • Golden Shares – Este tipo de ações possuem privilégios especiais previstos nos estatutos da empresa, normalmente associadas a participações estatais estratégias em empresas de interesse nacional.

Dentro dos mercados financeiros, os analistas financeiros e gurus nesta área também usam outros termos específicos, de forma a identificar uma ação de acordo com as suas caraterísticas especiais, comportamento ou nível de risco, como são as seguintes:

  • Ações defensivas – A sua principal caraterística é a estabilidade da cotação das ações, que não sofrem como outras, as fortes flutuações dos mercados o que faz que não recolham totalmente as grandes subidas que outras ações têm em tempos de movimentos altistas, mas por outro lado, protegem-se contra grandes descidas em tempos maus para a economia e também da correção de preços. Nesta lista geralmente são incluídas ações de empresas de serviços básicos, como água, luz, gás e consumo.
  • Ações de crescimento – Nesta lista aparecem as ações de empresas ligadas à tecnologia, inovação, Internet, aplicações para telecomunicações, etc. As suas principais caraterísticas são a possibilidade de oferecer altos rendimentos num espaço curto de tempo, onde o investidor assumo um grau de risco médio ou elevado com o possível fracasso da empresa.
  • Ações cíclicas – São as empresas associadas à situação atual da economia, o que converte as ações dessas empresas num termómetro da atividade industrial ou de serviços, consoante o aumento da procura pelos seus produtos em certos períodos pelos ciclos económicos a que se adaptam. Em situação de uma economia em crescimento estável, geralmente são beneficiadas as empresas de construção, automóvel, matérias-primas, indústrias e transportes.

Não sabes como investir?

Começa a Copiar Investidores na Etoro. Eles ganham, tu ganhas.

Performance passada não é garantia de resultados futuros. Capital em risco.