Tendências nos Mercados Financeiros

Tendências das AçõesSaiba quais são as principais tendências da Bolsa de Valores e antecipe momentos de entrada. Coloque o dinheiro a fazer ainda mais dinheiro. Compre barato e venda caro!

Os mercados financeiros seguem tendências de curto ou longo prazo, por essa razão, quando sai uma notícia importante para o mercado, é possível verificar que os mercados – incluindo a Bolsa – esperam pelas notícias e ficam entre um limite de valores, como se fosse um jogo de ténis de mesa, em que quando o preço atinge uma certa cotação, volta para trás e assim sucessivamente, até serem lançados novos dados que são o “combustível” dos mercados. Para conseguir encontrar tendências e obter mais-valias, com estes movimentos é crucial que compreenda melhor como funcionam os mercados e por isso, neste artigo poderá encontrar toda a informação necessária.

Seguir Tendências nas Ações

Como acontece com o mundo da moda, os mercados financeiros também têm tendências, que podem ser definidas como a direção que seguem os preços da cotação das ações e de outros ativos financeiros. No âmbito financeiro pode ser um dado de maior interesse que qualquer cotação pontual. No total existem três tipos de tendências: altista, baixista e lateralização.

A tendência altista é quando predomina durante um tempo determinado um aumento do preço da cotação criando um canal altista. A origem pode ser atribuída à maior procura de ações que supera a oferta, pelo que o preço vai ser aumentando.

A tendência baixista é o contrário, ou seja, acontece quando se produz um excesso de oferta onde os acionistas tentam desfazer-se das ações e a procura é baixa, pelo que o preço da sua cotação vai descendo.

Por outro lado, a tendência lateral costuma acontecer antes de serem lançados dados ou notícias importantes para os mercados, onde a cotação dos mercados costuma navegar entre um limite ou canal, até que sejam conhecidos esses dados e haja um rutura da linha de tendência. Isso acontece porque a procura e oferta de ações é equilibrada e o mercado cria uma indefinição. Para saber como traçar uma linha e aprender mais sobre as tendências, recomendamos que leia o artigo sobre como encontrar tendências em ações e nos índices para ganhar dinheiro.

Importância da Tendência

A formação de linhas de tendência tem diversas utilizadas, a principal é porque é possível determinar o preço a que deve comprar ou vender ações, sendo que através da observação das linhas de subida ou descida com os seus máximos e mínimos, vai permitir marcar sinais de proteção, por exemplo, quando existe uma rutura do gráfico na linha de tendência, é um aviso que o preço pode subir ou descer rápido em pouco tempo.

É possível obter criar a linha de tendência através da união dos mínimos sucessivos, no caso da tendência altista e pelo contrário, unir os máximo quando a direção da tendência é baixista. Esta linha é usada para determinar se este é o melhor momento para comprar ou vender ações, por essa razão é importante fixar-se nos prazos, que podem ser:

  • Curto prazo – É tomado como referência um período inferior a três semanas.
  • Médio Prazo – Entre três semanas a três meses.
  • Longo prazo – Mais de três meses. Normalmente neste período temporal é tido em consideração o que aconteceu no último ano.

É importante planificar o seu investimento, pois embora não seja possível prever com o máximo de precisão, qual a tendência para amanhã, ao aumentar o período temporal da amostra, é possível investir com maior rigor e com menos risco.

Não sabes como investir?

Começa a Copiar Investidores na Etoro. Eles ganham, tu ganhas.

Performance passada não é garantia de resultados futuros. Capital em risco.