Quebra da Linha de Tendência na Análise Técnica

Mercado Bull & Bear na Bolsa de ValoresSaiba quando as ações mudam de tendência. Aproveite a quebra da linha de tendência na Análise Técnica, para encontrar boas oportunidades.

São muitos os livros e artigos disponíveis sobre a análise técnica, que identificam diferentes figuras que definem ou confirmam muitos dos movimentos de preços das ações e que são refletidos nos gráficos da bolsa para um estudo mais fácil e também com o objetivo de comparar. A estratégia necessária que cada investidor tem que seguir na hora de comprar ações, deve incluir a visualização dos gráficos para entender tecnicamente as oscilações históricas das empresas em que está interessado em investir, de forma a saber se este é o mesmo certo ou não para começar a investir. Através da análise dos gráficos poderá descobrir possíveis quebras de tendência de longo prazo ou qual a tendência do ativo para os próximos meses.

Como identificar a rutura da Linha de Tendência

Uma das figuras básicas mais utilizadas pelos investidores na análise técnica são as linhas de tendência, que definem com clareza as possíveis cotações que as ações podem alcançar ao longo dos próximos dias, semanas ou meses, para que, com isso, esteja preparado e encontre bons pontos de compra e venda ações.

Para melhorar o seu conhecimento nesta área da análise técnica, você abaixo pode encontrar vários exemplo de quebra da linha de tendência, que foram importantes para avisar os investidores para esperar ou aproveitar o momento para comprar ações.


😲 Abre conta na XTB Portugal e investe sem comissões.

Gráfico de Tendência Altista para as ações do Banco Santander

Gráfico de Tendência Altista para as ações do Banco Santander

No gráfico histórico para o Banco Santander, é possível verificar uma quebra da linha principal de tendência altista significa uma mudança na tendência do ativo durante as próximas semanas, depois de uma grande subida durante o ano de 2009, sendo que a descida agora é representada por fortes correções no preço.

É importante saber que quando se quebra uma linha de tendência, é bastante arriscar negociar contra a nova tendência, dado que esta, deverá ser confirmada, caso contrário poderá estar a “nadar contra a corrente” por excesso de antecipação. Comprar nas quedas e vender nas subidas é a atitude certa, mas é preciso analisar o gráfico para conhecer qual foi o intervalo de preços que atingiu nos últimos meses ou anos.

Gráfico com Tendência Baixista e Quebra da tendência - Banco BBVA

Gráfico com Tendência Baixista e Quebra da tendência – Banco BBVA

No gráfico acima para as ações do Banco BBVA, é possível verificar que em 2010 existe uma tendência baixista definida, que só inverte em 2012 e quebra a linha de tendência criada. O momento de quebra da linha de tendência deu um bom sinal de entrada para comprar ações do Banco BBVA.

Conselhos para Encontrar Quebras de Tendência

Para ter uma maior certeza no momento de encontrar quebras de tendência, que apresentem várias oportunidades de investimento, você deve ter em consideração diversos passos técnicos importantes, que podem ser resumidos na seguinte lista:

  • Traçar a linha de tendência utilizando como referência os mínimos e máximos
  • Observar se existe um aumento considerável do volume negociado nos movimentos de rutura
  • Acompanhar as linhas de tendências com outros indicadores, como as linhas de Fibonacci, figuras, retrocessos, entre outros.

Não sabes como investir?

Começa a Copiar Investidores na Etoro. Eles ganham, tu ganhas.

Performance passada não é garantia de resultados futuros. Capital em risco.