Quando Vender As Minhas Ações? 8 Boas Razões!

Quando vender açõesEstás indeciso sobre vender ações? Vou te dar 8 Boas razões, porque pode estar na hora de vender as ações da tua carteira de investimentos. Descobre se chegou o momento!

Se acompanhas o blog Investir na Bolsa, de certeza que já deves ter reparado que sou um apoiante da estratégia de longo prazo buy-and-hold em Português significa comprar-e-manter. Invisto em ações com uma mentalidade de longo prazo e, como qualquer investidor, espero que essas ações produzam um bom retorno na minha carteira de investimentos para sempre.

Mas, podem existir ocasiões em que é tempo de vender as ações, apesar de ter comprado há alguns meses atrás e ter o objetivo de as ter na minha conta de negociação durante vários anos. Não é frequente, mas pode acontecer. Existem 1001 razões para tomar essa decisão difícil.

8 Boas Razões para Vender Ações antes do tempo

O mundo continua em frente e os mercados financeiros não são diferentes. Sobe, desce, sobe, sobe, desce… esse é o movimento normal da Bolsa de Valores. Mas, existem ocasiões ou momentos em que pode ter chegado o momento de vender as ações.

É impossível prever com 100% de certezas que as ações da Microsoft, Apple, Amazon e outras ações vão subir amanhã, depois e depois.

São bons investimentos, mas podes ter comprado tarde demais e tens as tuas dúvidas se está na hora de vender ou não.

Se estás cheio de dúvidas sobre se deves vender ou não as ações que tens na tua conta de negociação na Bolsa de Valores, decidi reunir algumas questões que encontrei na Internet e a maior parte dos investidores usa para decidir se deve vender ou não.

Existem várias razões válidas para vender ações, por isso fica aqui uma lista com 8 perguntas que te vão ajudar a tomar uma decisão:

  1. Mudaram as razões porque compraste inicialmente as ações? Quando compro ações, existem algumas coisas que tenho em conta. A empresa produz lucros consistentes, tem um bom produto e as vendas crescem? Existe alguma vantagem no seu produto? Se alguma coisa mudou, isso pode ser um bom sinal para vender. Olha, por exemplo, ao caso da Blackberry. Alguns anos atrás era um líder na sua indústria e todas as pessoas queriam ter um BlackBerryaté eu. Mas, a Apple e outras empresas começaram a dominar o mercado, tornando-se numa boa razão para vender ações da BlackBerry.
  2. As ações estão sobrevalorizadas? Se uma ação tornou-se cara demais, pode ser uma boa razão para vender, mas deve pensar bem antes. Só porque está cara demais, isso é normal, porque a Bolsa de Valores tem os seus altos e baixos. Faz parte de investir a longo prazo. Em vez disso, pergunta ti mesmo se vale os lucros e crescimento.
  3. Precisas do dinheiro? As ações são bons investimentos, apenas se tens um horizonte de longo prazo. Contudo, A curto prazo, os mercados podem flutuar bastante e podes perder dinheiro. Por isso, se precisas do dinheiro para as próximas despesas ou para outra coisa mais importante, é melhor retirar o dinheiro das ações e preservar o capital.
  4. Precisas de capital para novos investimentos? Existem certas alturas em que pode ser tempo de repensar os investimentos. Podes ter uma ação que teve um crescimento exponencial e está na hora de usar o dinheiro, as mais-valias, e talvez, os dividendos, para investir noutras ações ou noutros investimentos. Lembra-te que ações comuns, podem trazer lucros fenomenais.
  5. A empresa cortou os dividendos? Um corte nos dividendos é sempre um sinal de problemas na empresa. Não interessa qual é a desculpa do Departamento de Marketing. Não estou a dizer que seja uma razão muito forte para vender as ações, mas pode ser um sinal.
  6. Existem melhores oportunidades para investir dinheiro? O lançamento do próximo iPhone, a apresentação de um produto extraordinário ou um evento importante, podem ser momentos que vão disponibilizar boas oportunidades para ganhar dinheiro com ações. Se tens dinheiro investido em ações que estão a ter um desempenho mau, talvez seja uma boa alternativa.
  7. Foi anunciado uma fusão ou uma venda? Se uma empresa concorda em ser vendida, o preço das ações vai subir muito rápido até ao preço da oferta, ou um pouco mais. Embora isto seja bom porque é um lucro rápido, não existe esperanças a longo prazo, pelo menos até fechar o negócio. O LinkedIn é um bom exemplo. No dia em que foi anunciado o negócio, as ações do LinkedIn subiram 46,63% num só dia. Algumas semanas depois, continuam praticamente ao mesmo valor.
  8. A empresa está falida? Se a empresa está falida, então é hora de vender imediatamente. Normalmente é boa ideia vender, porque o mais certo é que percas tudo. Não existem milagres. Olha o caso do colapso do BES e do BANIF, ou da enorme desvalorização da PT após os investimentos ruinosos na Rio Forte, uma empresa do Grupo BES.

Como podes ver nas razões para vender ações, não existe nenhuma razão que diga que está no momento de vender as ações só porque a cotação desceu nos últimos dias. Se houve uma desvalorização por causa de uma correção do mercado ou uma queda normal no setor, isso é uma má razão para vender.

Um dia li num livro de negócios e dinheiro, que em média os investidores conseguem um retorno anual de 3% por ano, apesar dos mercados financeiros terem batido esse valor em três vezes ou mais. Os mercados financeiros têm os seus momentos de crise e as ações caem. Muitos investidores entram em pânico e vendem. Isso é o erro de muitos investidores iniciantes!

É do conhecimento de todas as pessoas que deves comprar barato e vender caro, mas vender ações só porque a cotação desceu bastante é o oposto. Claro que, se a cotação desceu bastante por causa das razões acima, vá lá, força nisso. Contudo, a desvalorização pode ser uma boa oportunidade. Comprar ações nas quedas é uma das minhas dicas.

Bons investimentos!

Não sabes como investir?

Começa a Copiar Investidores na Etoro. Eles ganham, tu ganhas.

Performance passada não é garantia de resultados futuros. Capital em risco.