Educação Financeira,

Quais são os teus Objetivos para 2018?

Quais são os teus Objetivos para 2018

No início de 2018 pensaste em quais são os teus objetivos para 2018? Sim? Já fizeste acontecer? Não continues a adiar. Depois de ler isto, vais tomar a decisão de começar!

Em vez de publicar hoje um artigo com várias dicas importantes sobre como investir na Bolsa e ganhar dinheiro, sim, ganhar dinheiro a sério a comprar e vender ações, decidi fazer algo diferente. Vai ter um impacto tão grande, que vai mudar a vida de muitos leitores. Lê atentamente porque chegou a hora de tomares aquela decisão que estás sempre a adiar e ainda vais a tempo de agir.

Existem dois tipos de pessoas, os “fazedores” e os “não fazedores”!

Todos os dias recebo novas mensagens, através do formulário de contacto do investirnabolsa.pt ou no facebook. Dessas mensagens todas que recebi, encontrei um padrão que eu também tinha e durante algum tempo deu cabo das minhas finanças pessoais. Felizmente, consegui “dar a volta” e fiz as coisas acontecerem. Adiar nunca é a solução!

Como atingir os teus Objetivos Financeiros? Chegou a hora de agir!

Nos primeiros minutos do ano, todos os anos, a maior parte de nós tem o hábito de dizer para si mesmo, quais são os objetivos para o novo ano. Faz parte de nós. Mas, o grande problema, é que dias depois, já nos esquecemos de quais são mesmo os nossos objetivos.

Em 2017, 2016, 2015… aconteceu o mesmo.

Qualquer que tenha sido o teu objetivo. Seja “emagrecer“, “dormir mais“, “estudar mais“, “aprender a investir na Bolsa“, “ganhar dinheiro” ou  “conseguir um retorno de 100%“, tens que saber que só vai acontecer se tomares a decisão. Tens de agir.

Não continues a adiar!

A maior parte das vezes, muitas pessoas não investem na Bolsa ou noutro tipo de investimento, porque inventam desculpas. Não é por causa do dinheiro ou porque é difícil. É porque faz parte de si mesmos, adiar o que é importante!

Se ainda não investes, está na hora de tomar a decisão.

Eu invisto na Bolsa à vários anos e em 2013 decidi criar o blog Investir na Bolsa. Durante muito tempo adiei a decisão, até que parei de inventar desculpas e comecei. Foi das melhores coisas que fiz!

Desde que comecei, todos os anos ganhei dinheiro na Bolsa. Até partilhei contigo alguns desses investimentos, como as ações da Apple ou da Take-Two Interactivea empresa por detrás dos jogos GTA.

Se nunca tivesse tomado esta decisão, iria continuar a perder dinheiro e não ias estar a ler este blog.

Eu sou um fazedor. E tu?

Felizmente, não fui atrás do mais fácil e tomei a decisão de tentar conseguir o máximo de retorno para o meu dinheiro. É fácil visitares o site do teu banco, entrar na conta e aplicar o dinheiro em Depósitos a Prazo e Obrigações ou de investir em Certificados de Aforro, mas achas que vais ganhar algum dinheiro com isso? Claro que não.

De 2000 a 2010 ainda dava para ganhar dinheiro, mas hoje estás a perder dinheiro. A sério. Se tiveres em conta a inflação, estás a perder ainda mais. O teu Banco ganha, o Estado ganha e tu perdes.

Não interessa se tens 500€, 1.000€, 10.000€ ou 100.000€. Aqui no blog falo de vários investimentos que vale a pena e não tens que ser milionário. Milhares de investidores não podem estar errados.

O ano de 2017 foi espetacular. Não só investir na Bolsa em 2017 foi rentável, como o Bitcoin ajudou-me e também ajudou os leitores do blog a ganhar muito dinheiro.

Tens que parar de cometer os mesmos erros e investir de forma inteligente. No dia em que estou a escrever este artigo, tenho o meu dinheiro desta maneira:

Para ajudar os leitores do blog, todos os meses publico grátis as minhas 10 escolhas para investir na Bolsa.

Depois deste artigo motivacional, está mais do que na hora de começar. O mundo é dos fazedores, por isso mesmo certifica-te que és um deles. Caso contrário, a inflação e as comissões vão dar cabo do teu dinheiroA partir de hoje não tens mais desculpas. É a tua decisão.

Vais ser um fazedor ou continuar a adiar decisões importantes para as tuas finanças pessoais? Aproveita o dia de hoje para começar. Mais vale tarde, do que nunca.

Bons investimentos!