O que são CFDs de Ações? Como negociar?

Guia CFDs Ações Tudo sobre CFDs de ações. Saiba o que é este instrumento financeiro, como negociar CFDs e ganhar dinheiro. Experimente!

Os CFDs ou Contratos por Diferença podem ser definidos como, um acordo entre trader (você) e a corretora, com o objetivo de obter mais-valias com a diferença entre preço atual do ativo financeiro e o preço do mesmo no momento em que fechar a posição. Durante esta última década os CFDs tornaram-se na maneira mais popular dos investidores online negociarem ações, matérias-primas, índices e divisas por várias razões.

São produtos alavancados, que oferecem uma exposição aos mercados financeiros e exigem ao investidor uma pequena margem (depósito) do valor total da operação. Permite que os traders aproveitem a evolução do preço dos ativos, podendo ganhar dinheiro com a subida ou queda na cotação das ações, ao contrário de investir na Bolsa de Valores, onde só se consegue obter mais-valias com a valorização das ações.

Guia completo de CFD de Ações

Os CFD podem se parecer aos investimentos mais convencionais, mas são muito diferentes, já que o investidor nunca adquire e não possui na realidade o ativo. Apesar de ser muito parecido, são duas coisas diferentes. Estas são as principais diferenças entre comprar ações e negociar CFDs de ações:

  • Comprar Ações Esta é a forma mais tradicional de investir dinheiro neste mercado financeiro. Para comprar ações é necessário ter o capital total que quer investir. O cliente paga uma taxa pela abertura e fecho de posições e, em algumas corretoras, paga trimestralmente a custódia de títulos, que é a taxa cobrada por ter ações na sua carteira. Aqui, você é dono das ações e tem os direitos normais de qualquer acionista da empresa onde investiu dinheiro. É ideal para investir a longo prazo!
  • Negociar CFDs de Ações O investidor torna-se num trader. Aqui, está a negociar contratos e ganha/perde dinheiro consoante a diferença entre o preço do contrato no momento da abertura e fecho da posição. Como é um produto financeiro alavancado, o cliente não precisa de ter o dinheito todo na conta, basta ter a margem exigida, além de outras vantagens. Os custos são menores do que investir em ações, mas paga uma taxa diária que corresponde à alavancagem, isto é, ao dinheiro emprestado para ter maior poder de negociação. Se quer negociar um total de 2000€ em ações, basta ter na sua conta a margem exigida pela corretora, que varia normalmente entre 10% a 15%. É ideal para muito curto prazo!

Este é o tipo de investimento que recomendo para quem está interessado em investir no muito curto prazo e quer ganhar dinheiro com a subida ou descida na cotação das ações. É o instrumento financeiro ideal para obter mais-valias com as constantes movimentações nos mercados acionistas, pois a alavancagem e liquidez são dois dos aspetos mais importantes para “entrar” e “sair” do mercado com ganhos.

Vantagens

  1. Alavancagem – A principal vantagem da alavancagem é o poder de negociação. Em CFDs de ações, a alavancagem varia entre 10:1 a 50:1, dependendo da corretora. Por exemplo, para um alavancagem de 20:1, por cada 1€ que tem na sua conta de negociação, tem um poder de negociação de 20€. Por isso, basta ter 100€ na conta, para poder negociar como se tivesse 2000€. Desta forma, para aumentar os seus ganhos.
  2. Custos – Os custos são normalmente mais baixos do que investir em ações a curto prazo.
  3. Liquidez – A liquidez é ideal para os traders que queiram estar sempre a comprar e a vender CFDs de ações. Desta forma, é possível abrir posições de compra ou venda e fechar alguns segundos ou minutos depois e ganhar dinheiro com isso.
  4. Limitação de perdas – Hoje em dia as melhores corretoras oferecem plataformas de negociação, que incluem ferramentas de limitação de perdas, como o Stop Loss. A gestão do risco é essencial neste investimento.
  5. Short selling – Este produto financeiro é usado pelos traders profissionais para ganhar dinheiro com as quedas na Bolsa. O short selling consiste em vender ações que não tem.

Desvantagens

  1. Risco – Para mim, a única desvantagem está no risco associado aos produtos alavancados. Assim como é possível ganhar muito mais dinheiro a negociar CFDs, em vez de comprar ações, também você pode perder muito mais dinheiro. É importante saber fazer uma boa gestão de risco em CFDs.

Como negociar CFDs de ações?

Se está interessado em negociar CFDs de ações, recomendo que crie uma conta de negociação numa das corretoras abaixo. Antes de depositar dinheiro, pode experimentar a plataforma de negociação e usar a conta demo com 100 mil euros ou dólares, para ver como é ainda mais simples do que pensa. Assista também ao vídeo disponível no fundo da página, para descobrir como funcionam os CFDs de ações, quais as vantagens e porque deve começar a investir.

  1. ETORO – Depósito mínimo $200. Podes copiar Traders ou Fundos.
  2. Markets.com – Depósito mínimo $100 (inclui bónus)
  3. AvaTrade – Depósito mínimo $150


Abre conta Demo na XTB Portugal e experimenta investir.

Apesar das corretoras de Bolsa em Portugal também permitirem a negociação de CFDs de Bolsa, é muito mais vantajoso para si escolher uma das corretoras online apresentadas acima. Além de oferecerem um bónus de boas-vindas, têm plataformas de negociação de topo, são reguladas por várias autoridades, têm um suporte de qualidade e oferecem várias oportunidades para rentabilizar o seu capital.

Para compreender melhor como funcionam os CFDs sobre ações, recomendo que assistas ao webinário completo em português:

Não sabes como investir?

Começa a Copiar Investidores na Etoro. Eles ganham, tu ganhas.

Performance passada não é garantia de resultados futuros. Capital em risco.