Passo 9 – Investir na Bolsa de Valores como um PROFISSIONAL

Investidor Profissional na Bolsa de ValoresAprende a investir na Bolsa de Valores como se fosses um Profissional. Não cometas estes erros ou prepara-te para perder muito dinheiro. Funciona!

Crescimento, valor e presença internacional. Qual é a estratégia certa para ti? Tudo isso depende da tua experiência e como queres construir a tua carteira de ações. Lê o artigo completo para perceberes melhor como investir dinheiro na Bolsa de Valores igual a um Profissional, para gerar mais-valias a longo prazo e não cometer erros de principiantes.

Peter Lynch é conhecido como o guru do crescimento e é uma lenda. No passado foi gestor do Fidelity Magellan Fund, o maior fundo de ações do mundo e, durante toda a sua carreira como investidor profissional partilhou várias dicas valiosas. Entre algumas das suas citações encontramos dicas como “Nunca invista em qualquer ideia que você não seja capaz de ilustrar com um giz” e “Embora seja fácil de esquecer às vezes, uma ação não é um bilhete da lotaria… é ser dono de parte da empresa“.

Investir Dinheiro com foco no Crescimento do Investimento

Mas, o que torna Peter Lynch tão espetacular, para falar nele aqui? É um investidor de sucesso. Lynch realmente foi um sucesso e ambos os livros “One Up on Wall Street” e o “Beating the Street” foram de grande valor para os pequenos investidores interessados em investir ainda mais dinheiro para obter um retorno superior. Ao partilhar o seu senso e uma filosofia replicável, Lynch convenceu várias pessoas que não precisavam de ter um MBA ou serem corretores de Bolsa para começar a investir na Bolsa.

Os pontos principais da estratégia de crescimento do portfólio de Lynch são muito simples: investir em crescimento e em empresas fáceis de compreender. Pode ser detalhado da seguinte maneira:

  1. Comprar o que sabes – Lynch acredita que o investidor médio sabe muito mais do que pensa. Não só consomes uma vasta gama de produtos e serviços diariamente, mas também desenvolveste várias habilidades com a tua carreira profissional, que ajuda a entender como funcionam as coisas. Coloca-as em uso! Investe no que sabes, percebes e sentes-te confortável, e deixa o resto para os gurus.
  2. Procurar tesouros escondidos – Lynch deixa em destaque uma coisa demasiado importante. Os investidores individuais têm uma grande oportunidade no que diz respeito a investir em ações, de empresas com uma capitalização pequena ou média. A maior parte das casas de investimento não pode conceder o tempo ou funcionários para analisar ações com uma capitalização pequena ou média, e a maior parte dos fundos são demasiado grandes para investir e desinvestir confortavelmente. O resultado final é que, essas ações estão mal entendidas e estão baratas, deixando os investidores empreendedores uma chance para fazer parte de negócios baratos em crescimento.
  3. Diversificar – O fundo gerido por Lynch tinha em carteira mais de 1.000 ações quando deixou-o em 1990. Em termos de comparação, isso é cinco vezes o número médio de ações dos fundos nos EUA. Este investidor de sucesso demonstrou que é possível “rebentar” com o mercado apesar de ter uma carteira de investimentos bem diversificada. Como? Ao escolher ações de empresas bem geridas, pequenas e em crescimento.

Value investing segundo Warren Buffett

Sem querer ofender o pai do value investing, o Benjamin Graham, mas o seu aluno dotado Warren Buffett é o homem por detrás da prática e teoria do investimento em ações de empresas com valor. O value investing é a arte de comprar ações por muito menos dinheiro do que valem, ou do que o seu valor “intrínseco”.

Para Warren Buffett e os investidores seguidores da estratégia de value investing, estes são alguns dos pontos mais importantes:

  1. Comprar bons negócios – Buffett olha para os negócios que estão por detrás de grandes marcas, as equipas de gestão, o fluxo de caixa e o poder de liderança. Muito poder mesmo! Os tipos de negócios que pensas que vão durar uma eternidade – com nomes como Coca-Cola (NYSE:KO), Procter & Gamble (NYSE:PG) e Johnson & Johnson (NYSE:JNJ). Assim que este investidor profissional encontra bons negócios, ele procura comprar ações quando estão baratas e espera pacientemente durante anos para aumentar a sua própria fortuna.
  2. Ser o contrário – É preciso ter nervos de ferro para comprar ações de empresas que todas as pessoas estão a vender, mas Buffett sempre fez isso durante toda a vida. É muito comum ele dizer “Tenha medo quando os outros são gananciosos, e seja ganancioso quando os outros têm medo.
  3. Investir a longo prazo – Uma vez Buffett disse “O nosso período para aguentar ações é para sempre.” Se escolheres ações que sigam esta maneira de investir, o mais certo é que nunca te arrependas de mantê-las na tua carteira de investimentos.

Investir em Negócios Internacionais, segundo Sir John Templeton

Cheguei ao último ponto, mas não menos importante: investir em ações de negócios internacionais. Assim como Lynch e Buffett, Sir John Templeton é conhecido por ser um investidor de sucesso. O seu sucesso não foi resultado de um esquema de trading, informação privilegiada, grandes quantidades de alavancagem ou derivados complicados. Em vez disso, como Lynch e Buffett, Templeton teve sucesso devido à análise fundamental, paciência e disciplina para manter as ações durante anos.

As suas filosofias tornaram-se amplamente adotadas hoje em dia, porque funcionam e as pessoas agora pensam numa economia global, onde não faz mais sentido investir num só país. Mas, mesmo assim, muitos investidores individuais ainda continuam a tentar dar um tempo aos mercados e negociar a curto prazo.

O seu sucesso também é refletido em olhar para coisas onde outros investidores não olham. Aqui ficam os conselhos mais importantes de Templeton:

  1. Investir noutros mercados – A Bolsa de Valores de Lisboa apresenta diversas oportunidades de investimento mas, mesmo assim, deves também investir nos índices acionistas de outros países. Os EUA são onde existem milhares de oportunidades, no entanto, o índice acionista IBEX35 de nuestros hermanos também é uma boa hipótese. Diversifica os teus investimentos para outros mercados financeiros!
  2. Investir de forma consistente – Tentar dar um tempo para investir nem sempre resulta. Uma vez Templeton disse, “A melhor altura para investir é quando você tem dinheiro. Isto porque a história sugere que não é o timing do mercado que importa, é o momento.

Se ainda não investes na Bolsa de Valores, está na hora de o fazeres. Podes encontrar aqui as melhores corretoras de Bolsa. Eu uso a Orey iTrade e a DeGiro, mas antes de escolheres uma corretora olha para o preçário, porque é importante.

Bons investimentos!

Não sabes como investir?

Começa a Copiar Investidores na Etoro. Eles ganham, tu ganhas.

Performance passada não é garantia de resultados futuros. Capital em risco.