Ações ou Fundos de Investimento

Ações ou FundosSaiba onde você deve investir o seu dinheiro. Descubra a diferença entre ações e fundos de investimento. Aplique o seu dinheiro no investimento mais seguro e rentável!

Se você está neste dilema e quer saber qual o tipo de investimento deve escolher, então o mais certo é que tenha perdido tempo e dinheiro, porque aplicou as suas poupanças em depósitos a prazo fixo, até que chegou o dia em (finalmente) tomou a decisão de investir parte do seu capital nos mercados de renda variável para conseguir maiores rentabilidades. Este é um investimento cada vez mais lógico, no entanto a questão é: investir em Ações ou Fundos de Investimento? Por essa razão, neste artigo explicamos algumas das diferenças entre a compra e venda de ações cotadas em Bolsa, assim como a compra de participações em fundos de investimento de renda variável.

Diferenças entre Ações e Fundos de Investimento

Estas duas formas de investimento nos mercados financeiros, está a tornar-se cada vez mais habituais para novos investidores, que dão este salto da renda fixa para o mundo da rentabilidade. No entanto, antes de investir é preciso ter presente todas as diferenças, para não acabar por aplicar o seu dinheiro num investimento menos rentável. Aqui ficam algumas das diferenças mais importantes:


😲 Abre conta na XTB Portugal e investe sem comissões.

  • Facilidade de entrar e sair do mercado – Na compra e venda de ações, qualquer investidor pode abrir ou fechar novas posições em questão de segundos, devido a que normalmente as suas posições encontram na maior parte das vezes compradores interessados, enquanto um gestor de fundos pode levar várias semanas ou até meses, devido ao volume de títulos acumulados, com o possível risco de perda capital que pode fazer-se sentir na rentabilidade do conjunto da sua carteira.
  • Necessário permanecer quanto estiver – Um investidor particular não tem nenhuma exigência de permanência na Bolsa de Valores. Pelo contrário, um gestor deverá investir obrigatoriamente os aportes de capital dos novos participantes ou ver-se obrigado a vender, ainda assim contra a sua própria estratégia, no caso de retirada de bastante dinheiro de um determinado fundo.
  • Realização de lucros futuros – No caso de ter em carteira ações de empresas que pagam dividendos de forma periódica, esse dinheiro é recebido na sua conta bancária e podem ser usados pelo investidor para pagar gastos normais da sua vida, sem ver a sua participação diminuída ou, reinvestir na compra de mais ações. Pelo contrário, para conseguir uma renda extra nos fundos de investimento é preciso vender participações, que reduzem o seu capital acumulado em fundos, pelo que financeiramente você está a reduzir o capital destinado para investimento.
  • Pagamento de comissões – Na compra e venda de ações existe o pagamento de comissões que variam de acordo com o seu Banco ou Broker, e também com a quantidade de capital investido, mas nunca chegam a ser tão altas como as comissões elevadas cobradas por alguns fundos de investimento de renda variável.

Conselhos para Ganhar Dinheiro

O investimento em ações ou em fundos de investimento deve ser adequada a cada tipo de investidor, tendo em conta as suas necessidades, o capital disponível e também outros fatores como: capacidade económica, planeamento financeiro futuro, tempo disponível para seguir investimentos, conhecimentos financeiros, entre outras coisas.

Ao investir num fundo de investimento, você está a participar junto com outros investidores num fundo que será gerido por profissionais – que em muitos casos – dependem dos seus resultados para continuar a trabalhar nessa função, pelo que a rentabilidade anual dos fundos poderá ser demasiado pequena ou passiva, sendo inferior aos índices que servem de referência.

Não sabes como investir?

Começa a Copiar Investidores na Etoro. Eles ganham, tu ganhas.

Performance passada não é garantia de resultados futuros. Capital em risco.